Notícias

Cliente pode desenvolver sua aplicação em POS

Executivos Financeiros

 
 
Lançamento foi feito pela Skytef.
 
Oferecer um pacote completo de POS com sua solução integrada é o foco da Skytef. A empresa, que foi fundada em 2002 por dois executivos oriundos da Dielbod, está focada no mercado de private label (cartão emitido por um varejista e, normalmente, utilizado somente neste mesmo estabelecimento ou rede), tendo flexibilidade para desenvolver soluções customizadas para cada cliente.
 
Para facilitar o processo de criação das soluções, a empresa acaba de lançar o Navs (Navegador Skytef), uma plataforma para desenvolvimento de diferentes tipos de aplicativos em POS, utilizando linguagem de alto nível XML. José Roberto Boldin, sócio administrador da empresa, explica que, antes, o aplicativo era realizado em linguagem C que, por ser mais específica, se tornava mais difícil de achar um desenvolvedor, além de acabar sendo mais cara e demorada.
 
Por isso, o lançamento do Navs. Como a linguagem XML (a mesma utilizada para web) é mais comum, o próprio cliente pode desenvolver sua aplicação por meio de seu programador para Internet. “Quem faz essa aplicação é o nosso próprio cliente, porque ele já tem uma mão de obra que desenvolve aplicativo em web. Então ele pega isso, passa quatro horas com a gente e sai programando no POS”, diz Boldin.
 
Além de facilitar a demanda dos emissores de cartão, o lançamento ajuda, também, os mercados que não possuam foco na captura de transação com o cartão (como POS usados para controle de mercadorias, por exemplo). No quesito de custo, por exemplo, um tablet, hoje, custa aproximadamente R$ 1000 e não possui impressora, enquanto um POS eletrônico gasta por volta de R$ 1100 e já está integrado com impressora, vídeo colorido, modem, leitura de cartão magnético e smartcard, entre outros. Além disso, “se o cara tem a flexibilidade dele desenvolver a aplicação sem depender de mim, ele pode fazer qualquer coisa e eu não vou saber”, cita o executivo.
 
Hoje, a Stytef possui 1.200 clientes emissores de cartões. Seu faturamento, apesar de não poder ser dito em valores, é representado 60% por POS e 40% por TEF (transferência eletrônica de fundos). A receita do Navs ainda é muito pequena mas, de acordo com Boldin, a tendência natural é que ela cresça, alavancando ainda mais a comercialização de POS.
 
Topo
POS
TEF Fácil
Fale Conosco

home | empresa | pos | tef fácil | serviços | suporte | divulgação | notícias | fale conosco | contato
Rua São Tomé, 119 - 7°andar - Vila Olimpia
Fone: +55 11 2175 9500 - +55 11 4550 1450


skytef.skype

SkyTef - Todos os direitos reservados